1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

O que é o Novo Ensino Médio?

O novo ensino médio tem sido falado há muitos meses, mas foi apenas recentemente que o novo currículo do ensino médio foi sancionado. Isso não significa que as mudanças estão próximas de serem aplicadas, pelo contrário.

O novo ensino médio está previsto para entrar em vigor somente em 2021, pois ainda é preciso respeitar um cronograma de prazos e aprimorar alguns aspectos. Se você ainda não sabe o que é o novo ensino médio, veja a seguir.

O que é o Novo Ensino Médio?

O novo ensino médio são novas regras e formas de funcionamento, para aprimorar o conhecimento adquirido pelos alunos e melhorar a qualidade do ensino brasileiro. O novo ensino médio tem como objetivo ajudar o aluno a obter conhecimento específico na área que deseja trabalhar, tornando apenas algumas matérias obrigatórias, deixando o restante ao critério do próprio aluno, que deve levar em consideração a área de conhecimento que deseja seguir.

Novo Ensino Médio

Novo Ensino Médio. Imagem:divulgação

O novo ensino médio também prevê mudanças nas horas-aula e na jornada diária de estudos, sendo uma das propostas manter os alunos em tempo integral nas escolas.

Formato e Disciplinas do Novo Ensino Médio

→ Divisão: a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) fará parte de 60% das matérias estudadas em sala de aula. O restante ficará reservado para uma das áreas específicas;

→ Flexibilidade: os estudantes poderão escolher em que área se aprofundarão já no início do ensino médio. As opções são: Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas/Sociais e Formação Técnica/Profissional;

→ Disciplinas obrigatórias: as disciplinas de Matemática, Português e Inglês, preservando o direito à língua materna (no caso de indígenas), serão obrigatórias em todo o ensino médio;

→ Manutenção de disciplinas: apesar de excluídas do texto inicial da MP, as disciplinas de Educação Física, ArtesFilosofia e Sociologia serão obrigatórias na BNCC;

→ BNCC: será formada pelos conteúdos das disciplinas obrigatórias e das disciplinas tradicionais do ensino médio, como História, Geografia, Biologia, Física, Química e Literatura. O conteúdo será definido ainda em 2017 pelo Conselho Nacional de Educação após consultar o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e a União Nacional de Dirigentes da Educação (Undime).

Acesse e saiba mais informações: Pronatec 2017 – Inscrições, Cursos e Vagas

Carga horária

→ Aumento da carga horária: Antes da MP virar lei, a carga horária do ensino médio era definida em 800 horas anuais. Com a sanção, as escolas terão cinco anos para ampliar essa carga para mil horas anualmente, divididas em 200 dias letivos.

→ Ensino em tempo integral: De maneira progressiva, todas as escolas de ensino médio passarão para tempo integral, tendo seu horário ampliado para 1.400 horas, o equivalente a sete horas diárias. Isso será possível com a Política de Fomento à Implementação de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral do Governo Federal, a qual prevê o repasse de R$ 1,5 bilhão, ao longo de dois anos, para a conclusão da implementação. Esse auxílio será de dez anos.

→ Carga horária BNCC: o conteúdo da BNCC não poderá exceder 1.800 horas do total da carga horária do ensino médio.

Lei do Novo Ensino Médio

A lei do novo ensino médio já foi sancionada pelo Michel Temer em fevereiro desse ano. A Lei 13415/17 prevê mais flexibilidade na grade curricular dos estudantes, além de apoiar a educação em tempo integral que deve ser adotada pelas escolas de todo o país.

Novo Ensino Médio

Novo Ensino Médio. Imagem:divulgação

Uma das principais mudanças da lei é a flexibilidade da grade curricular, que dividiu as matérias em cinco áreas de conhecimento, sendo quatro delas as que já conhecemos e última sendo de formação técnica/profissional.

Além disso, a lei prevê a implantação do ensino integral com sete horas de aula por dia. Os processos de mudança ainda não iniciaram, já que o novo currículo do ensino médio ainda não entrou em vigor. Outra mudança importante é que já no início do ensino médio os estudantes poderão escolher uma área para se aprofundarem.

Como vai funcionar o Novo Ensino Médio

O novo ensino médio poderá, de fato, contribuir para uma maior qualificação dos estudantes. Todos que iniciarem no primeiro ano do ensino médio poderão escolher uma das áreas de conhecimento para se aprofundarem, além de terem que manter as disciplinas obrigatórias (apenas Português e Matemática, por enquanto).

A implementação das novas regras deverá acontecer no segundo ano letivo após a homologação da base curricular, que está sendo criada pelo governo brasileiro. Alunos da rede pública e privada terão que estudar sete horas por dia e haverá um aumento nas inscrições do ensino técnico.

Acesse e saiba mais informações: Cursos Gratuitos Senai GO – Inscrições, Vagas e Cursos

Quando entra em vigor o Novo Ensino Médio

O presidente da Comissão de Elaboração da Base no Conselho Nacional de Educação informou que a previsão é que a reforma comece a ser praticada pelas escolas somente em 2021; até lá a base nacional comum curricular deverá estar pronta e aprovada, e as escolas estarão preparadas para atender a todas as exigências da nova lei.

Uma das regras que já podem ser adotadas de forma progressiva pelas escolas é a carga horária: até 2022 as escolas deverão oferecer uma carga horária de 1.000 horas-aula. Por isso se em sua região está regra for adotada, não se assuste.

Em breve mais notícias e informações deverão ser divulgadas sobre a nova reforma, incluindo discussões serão realizados com o povo após a BNCC ser liberada, para verificar se a grande maioria está de acordo com as novas mudanças em relação às matérias e a grade curricular. Qualquer dúvida você deve retirar com a diretoria de sua escola ou acompanhar as novidades lançadas pelo governo federal brasileiro.

Pela Web